Uma breve história dos bailes de debutantes

 

Você já deve ter se perguntado sobre como deixar sua festa mais animada e com aquele visual moderno das pistas das melhores casas noturnas do mundo. Pois bem, neste artigo mostramos como fazer isso acontecer com o uso das estruturas box truss. O visual de sua festa fica super moderno em qualquer ambiente, seja em um espaço especializado para debutantes, um sítio ou até mesmo em sua própria casa.

Tradicionalmente a palavra debutante é usada para representar a adolescente que está completando 15 anos de idade. Debutante é uma palavra derivada do francês (débutante), que traduzida significa estréia ou iniciante.

Um ritual de passagem

Baile de debutantes é considerado uma espécie de ritual de passagem da infância para vida adulta de uma adolescente, onde os pais apresentavam sua princesa à sociedade, começando assim uma nova fase em sua vida. Antigamente, era nesta data, que a jovem adolescente tinha permissão de seus pais para usar roupas mais adultas, freqüentar reuniões sociais e casar. Ou seja, literalmente era uma data marcada para a menina se tornar definitivamente uma mulher. Agora dá pra imaginar como a data era tão esperada e almejada pelas jovens da época?

Onde surgiu o baile de debutante?

Os bailes de debutantes surgiram na Europa antiga, mais precisamente nos territórios que hoje conhecemos como França, Alemanha, Inglaterra e Áustria. As famílias nobres destas regiões realizavam um grande baile para a sociedade da época. E, além das razões já mencionadas acima, os bailes também tinham a função de atrair possíveis pretendentes para a jovem debutante.

O ponto alto da festa de uma debutante

O ponto alto da festa era quando a debutante trocava o vestido simples e quase infantil da recepção dos convidados, por um vestido mais adulto e deslumbrante para dançar a aguardada valsa com seu pai.

A Valsa

As danças dos bailes de debutantes variavam com os costumes locais de cada região que a festa era realizada, mas a valsa – uma mistura de danças de camponesas austríacas e alemãs – tornou-se a preferida e praticamente uma dança oficial de qualquer evento europeu da época.

Tradição que se propaga

A tradição parece ter se propagado com força total após a Revolução Francesa de 1789, pois as famílias nobres em fuga da guerra civil viram-se obrigadas a migrar para colônias européias, como Estados Unidos e Brasil. Por aqui, os bailes de debutantes literalmente “ferveram” na década de 50 do século passado, com direito a espaço em colunas sociais e concursos de todos os tipos.

Festas de debutantes em grupo

Nesta mesma época, as famílias passaram a realizar os bailes de debutantes em conjunto com outras debutantes. Para economizar, reuniam-se em clubes, igrejas e hotéis, onde várias meninas com 15 anos eram apresentadas à sociedade da época de uma só vez.

Não quero festa! Quero Viajar

Na década de 80, as debutantes passaram a preferir viagens e presentes, deixando o baile em segundo plano nos seus anseios de 15 anos, um pouco por acreditarem estar fora de moda, mas principalmente por razões econômicas em épocas de dinheiro escasso e a inflação que se mostrava sem controle nesta década.

Retomada da tradição

A partir da metade dos anos 90, com a economia estabilizada, os bailes de debutantes tradicionais voltaram com força total e não pararam mais de crescer em criatividade e número de profissionais especializados neste tipo de evento. Hoje podemos conferir festas deslumbrantes que conseguem unir tradição e estilo próprio em uma explosão de cores, sabores e muita alegria em verdadeiras baladas, seja ela tradicional ou moderna.



 

 

Ayres Eventos Som, Luz, Efeitos Especiais, Bartender

Itapetininga - Sp 15. 99708 0197 *whats*
15. 3273 2676
contatoayres@hotmail.com